Hemisfério Norte – Frio e Neve

 

Saímos da  Bahia no dia 16 de dezembro um pouco antes da meia-noite; chegamos em Paris  por volta das 16.30h do dia  17. Já sabíamos que o Natal e o  Ano-Novo  seriam frios, mas a gente só se dá conta, de verdade,  quando sente o nariz e as mãos geladas.

Ainda no avião fotografamos o sul de Paris e pelas fotos pode-se constatar que a França estava branca, branquinha, parecendo um bolo de noiva. As fotos que seguem foram feiras no dia 17, no final da tarde, quando nos aproximávamos de Orly.

Foto: Leni David

No aeroporto a nossa filha nos esperava; depois dos beijos e abraços  recheados pela saudade e pelo prazer da chegada, já dava para pressentir o que nos aguardava do lado de fora. Além do frio (2 graus negativos), a neve caía generosa, embranquecendo tudo!  Felizmente chegamos em casa, sãos e salvos.

Pelas ruas fui fotografando as luzes do Natal e a neve que caía; tudo bonito e alegre, diferente e aconchegante, apesar do frio, pois o coração estava quente, feliz.

 

 

4 thoughts on “Hemisfério Norte – Frio e Neve

  1. Queridos amigos;
    estou dans “la France profonde”, na montanha (rodeada de neve) e com internet discada! Vocês podem imaginar…
    Amanhã vou dar um jeito de postar e de entrar em contato com o mundo. Rsrsrs…
    Beijos a todos e muito obrigada por lembrarem de mim!

  2. Minha querida Leni, passei para te deixar um beijo grande e desejar um 2.011 maravilhoso.
    Saúde e vida longa para você e todos os seus.
    Ps: O duelo de banjos foi um belo presente do seu amigo para os leitores do blog. Filme maravilhoso aquele.
    Abraço do Ed

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.